ARRAIAL DO CABO – TOUR DE AVENTURA COM TRILHAS ARRAIAL: CAIAQUE, STANDUP, TRILHA E BIKE

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Arraial do Cabo não é mais “SÓ” um polo de turismo de praias, onde os turistas procuram o local para desfrutar de sol e mar durante toda sua estadia, esta cidade está se transformando a cada dia em um centro de turismo de aventura. Com tantos atrativos, não poderia ser diferente!

Além de sua vocação para o mergulho, conhecida internacionalmente, Arraial conta com trilhas, rotas para prática de bikes e excelentes condições para o uso de equipamentos de esportes de água, como o standup paddle, caiaque, entre outros.

A cidade está fervilhando e buscando adeptos todos os dias que queiram participar ativamente de seu cenário paradisíaco e muito propício para o turismo de aventura e esportes ao ar livre.

E foi nesse cenário privilegiado que o SOUL Viajero firmou uma parceria com a empresa Trilhas Arraial para um dia de aventura.

Vamos te contar como foram essas quase 11 horas de muita ação, que começou bem cedinho e foi finalizado com um belo pôr do sol de outono, em Arraial do Cabo.

Obs.: Esta empresa de tour, especializada em trilhas, montou um roteiro completo de 1 dia para que pudéssemos conhecer o pacote de atrações que eles dispõem, porém foi a primeira vez que eles uniram tantos esportes em um único dia. O normal são pacotes separados para todas estas atividades (trilhas, bike, caiaque e standup paddle). Lembrando que a especialidade deles é o tour de trilha.

Vamos à programação e a diversão!


O ponto de encontro marcado foi a Praça do Cova/Praia dos Anjos. Aproximadamente às 7h chegamos ao local, tomamos um café rápido numa padaria próxima e aguardamos com paciência os demais integrantes do tour chegar.

Em torno das 7h50 saímos em direção à Praia do Forno. Treze pessoas compunham o grupo de aventura. Pegamos a pequena trilha que leva até esta praia e em 15 minutos já estávamos andando nas areias e escolhendo nosso caiaque.

Praça do Cova

Grupo de 13 pessoas – Saída da Praça do Cova em direção à Praia do Forno

Mais alguns acertos aqui e outros ali, às 8h30 já estávamos dentro de um caiaque vermelho e com “fundo panorâmico” (aqueles caiaques com “piso” em vidro que dá para ver o fundo do mar). Aliás este caiaque panorâmico foi muito propício para o dia e para este passeio, pois o mar estava cristalino.

Oba, muitos peixinhos e o fundo do mar para contemplar!

Toda nossa rota até as Fazendas Marinhas e o Restaurante Flutuante, que fica no cantinho esquerdo da praia do Forno, foi guiado e acompanhado pelos nossos guias Maycon e Daiana e por nosso amigo Lucas (@pianolucas) que filmou tudinho com um drone.

O perfil completo de nossos guias eu apresento mais para frente!

Às 8h30 já estávamos com os caiaques devidamente estacionados nas Fazendas Marinhas e aproveitávamos o local para fotos e mergulho com snorkel.

Grupo reunido no mirante da Praia do Forno

Chegada à Praia do Forno

Praia do Forno às 8h da manhã

Praia do Forno – caiaques

Equipe escolhendo os caiaques

Primeira etapa: caiaque até as Fazendas Marinhas

Primeira etapa: caiaque até as Fazendas Marinhas

Praia do Forno – águas cristalinas

Praia do Forno – Foto: @pianolucas

Praia do Forno – Foto: @pianolucas

Restaurantes Flutuante e Fazendas Marinhas

Fazendas Marinhas – Eu e nossa guia Daiana

Metade usou caiaque e outra metade standup paddle

Fotos, mergulhos e muito papo ficamos no local até às 10h10, aproximadamente. Neste momento, pegamos o caiaque de volta à Praia do Forno.

Mais uns 30 minutinhos remando de volta, e lá pelas 11h todos os participantes já estavam se secando e vestindo as roupas adequadas para seguirmos nossa trilha.

Todos devidamente vestidos, com mochilas nas costas e alimentados, pois também usamos essa pausa para um pequeno lanche e muita água, seguimos em direção à trilha Praia do Forno – Prainha.

A entrada da trilha fica no canto esquerdo da Praia do Forno, e antes de entrarmos na mata, nossos guias nos passaram algumas instruções importantes e algumas explicações de animais que habitam aquele local. Iniciamos a trilhas às 11h20.

Dica para este trecho: caso você não curta trilha em mata fechada não vá, pois o primeiro trecho é bem selvagem e o contato com a natureza é impactante.

Nos foi informado que haviam animais peçonhentos no caminho e todas as instruções de como lidar também foram passadas. Dentre estes animais estão: cobra coral verdadeira, cobra jararaca, aranha armadeira e marimbondo caçador.

Mas calma!

Não vimos nenhum deles mencionados acima. Na verdade, passamos somente por um belo e enorme “ninho” de marimbondos, mas foi só!

O pior trecho é a subida inicial, que dura em torno de 20 minutos. Depois, quando se chega ao “topo” a mata fica menos densa e a trilha mais aberta onde podemos encontrar mirantes e uma vista maravilhosa. Tudo compensa muito!

Início da trilha e instruções de segurança

Parte inicial da trilha – mata fechada

Parte da trilha anterior ao mirante da Praia do Forno

Até o mirante principal foram, aproximadamente, 2 km de caminhada e 150 metros de altura.

Meio dia já estávamos tirando muitas e muitas fotos no mirante com direito à uma vista DESLUMBRANTE! Sim, eu fiquei apaixonada pela Praia do Forno com aquela vista do topo da montanha!

O grupo reunido, papo vai e papo vem, algumas fotos mais, e depois de uns 20 minutos por lá, continuamos em direção à Prainha, nosso destino final.

Mirante da Praia do Forno

Cenários – Mirante da Praia do Forno

Cenários – Mirante da Praia do Forno

Turma reunida – Mirante da Praia do Forno

Antes de começarmos a descida ainda paramos em outros dois mirantes, e o segundo foi com a vista linda da Prainha e da Praia Grande ao fundo. Outro ponto de cair o queixo!

Outro mirante na trilha – vista linda da Prainha e da Praia Grande ao fundo

Vista linda da Prainha e da Praia Grande ao fundo

Vista linda da Prainha

Quando já chegava próximo à 1 da tarde, chegamos na Prainha e fomos para o almoço. Comemos em um local simples próximo à praia e por ali ficamos por 1h30 até que as bikes chegassem e nós partíssemos para a próxima etapa.

Refeitos da trilha e alimentados, por volta das 14h50 saímos com nossas bicicletas em direção à Lagoa Azul.

Foram 6 km na ida e 6 para a volta. O dia passou e nós em cima das magrelas andando por uma Arraial que eu não conhecia.

Bikes chegando para o tour

Tour de bike

Cenários do tour de bike

Cenários do tour de bike

Cenários do tour de bike

Equipe unida – tour de bike

Cenários do tour de bike

Tour de bike (vista aérea feita por Drone: @pianolucas)

Cenários do tour de bike

Pegamos trilhas e naturezas diversas até chegar ao destino final.

O retorno foi marcado por muito cansaço, mas com a missão de dever cumprido.

O final desta história foi fechada com um pôr do sol na Praia Grande junto aos integrantes que permaneceram no trajeto e neste tour de aventura até a última gota de suor cair!

Pôr do sol na Praia Grande

Pôr do sol na Praia Grande

Praia Grande

<Roteiro completo do dia>

1ª etapa: Trilha Praia dos Anjos -> Praia do Forno

2ª etapa: Caiaque e standup da Praia do Forno até as Fazendas Marinhas e Restaurante Fluruante

3ª etapa: Trilha Praia do Forno -> Prainha

4ª etapa: Bike Prainha até Lagoa Azul

5ª etapa: Bike Lagoa Azul até Praia Grande


ALGUMAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES DO TOUR COM A TRILHAS ARRAIAL

A Trilhas Arraial é uma empresa novinha, mas com muita bagagem de experiência de seus criadores. Ela existe há 1 ano, mas Maycon e Daiana já são “velhos de guerra” nesse papel com a natureza e suas nuances.

Os dois já trabalhavam com atividades ligadas ao turismo de aventura e movimentos ecológicos, e num determinado momento uniram-se para organizar eventos de trilhas e aventura.

Valores

Trilhas:

  • Prainha x Forno ou Forno x Prainha curta de 4km – R$ 25,00
  • Prainha x Forno com Ponta da Prainha de 7km – R$ 30,00
  • Prainha x Praia do Pontal, Morro do Miranda, 4km – R$ 25,00
  • Circuito dos Naufrágios no Pontal do Atalaia 9km de trilha por R$ 30,00 ou 7km de trilha mais 3km de Jeep por R$40,00

Dia de aventura:

Nesse dia de aventura que o Trilhas Arraial uniu todas as atividades, a cobrança foi feita da seguinte forma:

  • R$ 30,00 de condução (trilha, remada, bike)
  • R$ 20,00 aluguel do caiaque e standup (os caiaques são duplos, portanto R$ 10,00/ por pessoa)
  • R$ 20,00 aluguel da bike

Obs.: Caso o interessado tenha equipamento próprio (caiaque, standup e/ou bike) e quiser participar poderá fazer contato para verificar valores.

Reservas: https://www.facebook.com/trilhas.arraial ou  22 99786 5130 (WhatsApp)

Saída: Praça do Cova
R. Dom Pedro II, 15-23 – Centro, Arraial do Cabo – RJ
Saiba como chegar ao local acessando o link do google maps.

Redes Sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/trilhas.arraial

Instagram: https://www.instagram.com/trilhasarraial/ 

Guias do Trilhas Arraial:

Daiana e Maycon – nossos guias

Maycon Victorino, 29 anos, cabista nascido e criado em Arraial do Cabo, com formação inicial em Geoprocessamento, hoje Engenheiro Ambiental,  possui 12 anos de trabalho com turismo de aventura e movimento ecológico, com foco em Áreas Protegidas e Unidades de Conservação da Natureza, Uso Público, Planejamento e Manejo de Trilhas. Trabalhou com mergulho como Dive Master e Rescue Diver, com experiência também em Resgate em Ambientes Selvagens.

Daiana Cabral, 23 anos, moradora de Arraial do Cabo há 10, se identificou imediatamente com a cidade e seu potencial esportivo. Engenheira Ambiental, atua na área há 5 anos e possui experiência como Guarda-Parque no Rio de Janeiro e formação de condução de trilhas, combate a incêndios florestais, educação ambiental, resgate em ambientes selvagens e primeiros socorros. Membro da Associação Nacional para Pesquisa e Conservação de Strigiformes – Pró Corujas.


Dicas Importantes para um dia de aventura:

  • A temperatura ideal do corpo é de 36,5º C, e quando nosso organismo é exposto ao calor excessivo esta mesma temperatura pode chegar à 40º C. Isto acarreta efeitos colaterais como: fraqueza, cansaço, dores de cabeça, tontura e cãibras.
  • Hidratação é fundamental!
  • No calor o corpo sua mais, e, consequentemente, perde mais água, por isso NÃO recomenda-se esperar a sede para ingerir líquido. O ideal é hidratar-se ingerindo líquido ou comendo frutas como: melancia e melão, que possuem alto teor de água.
    Também é importante o uso de isotônicos (Gatorade), pois estes produtos contribuem para a hidratação e a reposição de sais minerais, perdidos no suor.
  • Outra dica importante é o uso de roupas leves, que absorvem de forma mais rápida o suor. Evite tecidos sintéticos e use bonés, viseiras, tênis ou botas apropriadas para o estilo de solo e aventura. E nunca se esqueça do protetor solar!
  • Evitem peso excessivo na mochila, leve somente o necessário. Quem for alérgico leve, sempre consigo, seu remédio específico.
  • Nunca vá para trilhas e aventuras em jejum, pois ocasiona hipoglicemia e outros fatores pertinentes a queda do rendimento físico e mental.
  • Antes da trilha/aventura priorize os carboidratos, principais fontes de energia, na alimentação. Entre as fontes de carboidratos estão: banana, batata doce, pão, queijo e açaí.
  • Lembre-se de levar uma mochila leve, evite o peso excessivo!
  • Para um cuidado maior em aventuras que envolvem água (caiaque, standup, etc.), caso a pessoa não tenha uma bag à prova d’água, indica-se levar potes de maionese ou de suplementos para colocar pertences que NÃO possam ser molhados.
  • Indica-se, também, levar uma ou duas sacolas grandes e reforçadas para colocarem as mochilas e tênis.
  • Leve sempre consigo: protetor solar, boné/viseira, toalha e óculos escuro.
  • O ideal para estas aventuras é o uso de camisas de manga cumprida com proteção UVA/UVB.

E como chegar nesse paraíso?

De carro: o trajeto até a Região dos Lagos começa após a travessia da Ponte Rio Niterói, com acesso à BR 101 e depois à Via Lagos (RJ-124), esta é privatizada e existe cobrança de pedágio (confira valores em: tarifas). Vale lembrar que nos finais de semana o trânsito para a Região é muito pesado e grandes congestionamentos são comuns.

De ônibus: a empresa que opera esse trajeto é a 1001, consulte valores e veja informações no link.

De avião: o pequeno Aeroporto de Cabo Frio (CFB) é uma alternativa ainda pouco viável para quem deseja chegar de avião à Região dos Lagos. Os voos comerciais são bastante limitados e ainda com alto custo, não sendo uma boa opção para a maioria dos turistas que procura a região. A única companhia aérea a operar para Cabo Frio é a Azul Linhas Aéreas.

Mas, qual melhor época para visitar Arraial do Cabo?

Nos meses de alta temporada, dezembro até fevereiro, o clima é quente e a cidade e suas praias estão sempre lotadas. Não é uma época das mais agradáveis devido à “superlotação”. Depois desse período, de março a maio, o clima ainda está quente, as águas ainda agradáveis (apesar de serem sempre frias durante todo o ano) e as praias e principais atrações muito mais vazias, o que possibilidade um período de tranquilidade para visitar a região.

No período do inverno ainda se encontra um clima agradável, porém com muito vento e águas bem geladas (característica da região, porém no verão é possível driblar esse aspecto).

Mas no geral, o clima é sempre quente e agradável. O que se deve levar em consideração é a quantidade de turistas. Se você não se importa com praias cheias, visite no alto verão, mas, caso você curta algo mais “privativo” opte pelas “baixas” temporadas (março a maio ou agosto a novembro).


Para aqueles que são mochileiros, assim como nós, indico o seguinte trajeto para chegar de transporte público até o local de saída do tour de barco:

Caso esteja hospedado em Cabo Frio, assim como nós estávamos, siga até a Rua Cajueiro, sentido São Cristóvão/Arraial e pegue o ônibus B150 (Cabo Frio – Arraial do Cabo). O trajeto leva em torno de 30 a 40 minutos, sem trânsito. Informe-se com o trocador onde é a Praia dos Anjos e peça para ele lhe mostrar quando chegar. Pronto! Você desce nessa praia e logo avista o local de ponto de encontro e pagamento da taxa de embarque para a Associação de Pescadores, um guichê simples perto de algumas amendoeiras e cadeiras.

Mais informações das linhas e horários acesse o link.

Nós fizemos o tour em parceria com a empresa Trilhas Arraial, mas todas as opiniões aqui no post são reais e baseadas nas experiências vividas pelo SOUL Viajero durante o passeio.


Links Importantes:

Trilhas Arraial – Tour de Aventura em Arraial do Cabo

Site da Prefeitura de Arraial do Cabo

Pontos Turísticos de Arraial do Cabo – MD

Guia Oficial do Comércio e Turismo de Arraial

Operadoras de Mergulho associadas a PADI

Salineira – Transporte público na região


Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você nos ajuda a cobrir os custos do blog SEM GASTAR NADA A MAIS POR ISSO, já que receberemos parte da comissão desses afiliados. Todos ganham! 

Reserve seu hotel pelo Booking ou Decolar

Alugue seu carro com a RentalcarsRentcars ou Decolar

Compre sua passagem aérea com o Voopter, Azul, Latam ou Decolar

Adquira seu seguro viagem com a Mondial Seguros ou Decolar

Adquira seu chip internacional com a Travel Mobile

Faça seu roteiro personalizado com nossa consultoria

Saiba mais em: Contato SOUL Viajero

CONFIRA OUTROS POSTS

10 COISAS PARA FAZER EM SANTA CRUZ – A ILHA ... O arquipélago de Galápagos está localizado em ambos os lados da linha equinocial (que é referente ao fenômeno equinócio ou à linha do equador), ap...
ROTEIRO DE 2 DIAS EM STAVANGER E PULPIT ROCK A Região de Stavanger destaca-se pelas muitas atrações cênicas, entre elas o Lysefjord, a praia de Sola e o mundialmente famoso Preikestolen ("a R...
ROTEIRO DE 7 DIAS DE EXPERIÊNCIAS NA ISLÂNDIA Cachoeira Skógafoss Pensar e enfim programar parte de suas férias na Islândia é uma experiência única, e é FATO que você irá se deparar com alguns...
ROTEIRO DE 1 DIA EM MADRI Plaza de la Villa O planejamento para um tour de 1 dia em uma grande cidade, como Madri, requer um tempinho, pois tudo tem que ser feito "o mais r...
CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

FORMULÁRIO DE CONTATO/CONTACT FORM

Fields marked with an * are required

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *