BÚZIOS – ROTEIRO PELAS PRAIAS DO CENTRO

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Balneário conhecido internacionalmente, Búzios é uma das mais famosas cidades da Região dos Lagos.

Local badalado e visitado por turistas tanto do Brasil como do mundo, esta cidade reserva atrações mais requintadas e mais caras na região.

Marcas de roupas famosas, boates internacionais e a famosa Rua das Pedras, configuram o centro refinado de Búzios.

A famosa Orla Bardot é o símbolo desta internacionalidade. A Atriz francesa que nomeia esta orla colocou no mapa a cidade litorânea do Rio de Janeiro.


Um pouquinho de história:

O sonho do homem que se dizia mais popular do que Jesus Cristo era conhecê-la. Em janeiro de 1964, quando fazia turnê em Paris com a maior banda de rock de todos os tempos, ele pediu que fosse agendado um encontro entre os dois. Ela, no entanto, passava férias numa pequena vila de pescadores, muito distante dali. Assim, há 50 anos, Búzios provocou o desencontro entre Brigitte Bardot e Jonh Lennon e ficou conhecida como o paraíso secreto de BB, as inicias da musa.

Apesar de ter provocado a frustração de um beatle, a passagem da grande estrela do cinema mundial daquele período por Búzios mudou completamente a vida no balneário. Subitamente, a pacata e desconhecida vila de pescadores, que era o terceiro distrito de Cabo Frio, passou a ilustrar as capas de jornais e revistas de todo o mundo.

Se não fosse a Brigitte, Búzios não teria recebido tantos estrangeiros, que vieram morar aqui e acabaram contribuindo para o desenvolvimento econômico e a cultura e arquitetura locais. Búzios é hoje o quinto destino mais procurado por turistas no Brasil, e ela tem grande responsabilidade nisso – reconhece o prefeito André Granado.

la chegou ao Brasil para passar férias com o namorado marroquino-brasileiro Bob Zagury em 7 de janeiro de 64. Depois de ficar alguns dias sendo perseguida pela imprensa no Rio, Brigitte embarcou num furgão e veio em busca de refúgio em Búzios pela primeira vez em 13 de janeiro, acompanhada por Bob. Aqui, ela ficou hospedada numa casa na Praia de Manguinhos, que pertencia a André Mourasieff, então representante das Nações Unidas no Brasil e amigo de Bob.

No início de 64, Bardot encontrou em Búzios a tranquilidade que tanto procurava e viveu aqueles quatro meses passeando de barco e curtindo principalmente as praias de Manguinhos e João Fernandes.

Depois de passar o réveillon de 65 no balneário, Brigitte Bardot deixou Búzios e nunca mais voltou. O prefeito de Cabo Frio na época, Antônio de Macedo Castro, ainda concedeu à atriz um título de cidadã honorária e um terreno na Praia de João Fernandes, mas a estrela jamais recebeu os presentes.

Mesmo sem ter retornado a Búzios, há um pedacinho da cidade em que ela se perpetuou: a Orla Bardot, que além de levar o seu nome, abriga sua estátua, inspirada na foto de Denis Albanese, que era amigo de Zagury e passou um dia acompanhando a musa naquele verão. A escultura virou um ícone, que atrai todo o tipo de gente disposta a eternizar sua imagem ao lado da atriz.

Para a autora da obra, a escultora Christina Motta, muito mais que a representação de uma estrela de cinema, aquela é a Brigitte de Búzios.

Fonte


Caminhar em Búzios é como estar num balneário onde a língua oficial é o espanhol. Esta cidade é “invadida” ano a ano pelos seus turistas mais assíduos, os argentinos.

Caminhando em uma das praias desta cidade ouvi de um atendente na praia a seguinte frase: “primeiro atendemos em espanhol, depois inglês e por último falo português.”. Ele me disse isso quando me abordou com um “Hola, que tal?”.

Caminhar por Búzios é um prazer, pois as casinhas e o cenário das ruas e arquitetura local são lindinhas.

Uma cidade que até uns 15 anos atrás pertencia ao município de Cabo Frio, conseguiu desenvolver seu turismo nacional e internacional e fazer de suas ruas verdadeiras pinturas.

Dentro deste cenário, construí um roteiro à pé pelo centro e suas praias, e busquei aproveitar um pouquinho de cada aspecto local para mostrar para vocês as belezas da cidade.

Vamos ao roteiro!


Partindo de Cabo Frio, minha cidade base, chegamos à Búzios quase na hora do almoço, por volta das 11h da manhã. Nossa rota entre as cidades foi feita de transporte público, ônibus.

Local onde desembarcamos do ônibus vindos de Cabo Frio – ponto de ônibus da empresa 1001 (empresa que faz rodoviário Búzios – Rio de Janeiro)

Local onde desembarcamos do ônibus vindos de Cabo Frio – ponto de ônibus da empresa 1001 (empresa que faz rodoviário Búzios – Rio de Janeiro)

Desembarcamos em uma das avenidas próximas à Rua da Pedra e Orla Bardot, na Estrada da Usina Velha para ser mais precisa. Seguimos pela Rua Manoel José Carvalho até próximo ao Mcdonalds da região. Caminhamos pela Avenida José Bento Ribeiro Dantas, a rua que num determinado ponto “transforma-se” em Rua das Pedras. Nesse perímetro o turista encontra muitas lojas e bares, é por aí, também, onde fica o famoso Chez Michou de Búzios.

Avenida José Bento Ribeiro Dantas – Búzios

Cenários encontrados na Avenida José Bento Ribeiro Dantas

Avenida José Bento Ribeiro Dantas – Búzios

Chez Michou de Búzios – Avenida José Bento Ribeiro Dantas

A Rua das Pedras “começa” na esquina com a Rua Germiniano José Luís e vai até a o píer onde saem os barcos/saveiros de passeio.

Pois bem, caminhamos até este ponto e por ali já havia tirado muitas fotos.

Cenários da Rua das Pedras – Colônia de Pescadores

Cenários da Rua das Pedras

Píer onde saem os barcos/saveiros de passeio

Píer onde saem os barcos/saveiros de passeio

Continuamos o caminho pela Avenida José Bento Ribeiro Dantas até chegar na Orla Brigitte Bardot, local onde encontramos a estátua da atriz francesa. Seguimos pela mesma avenida, que fica beira mar, até ela fazer uma leve curva para a direita e subirmos em direção à entrada da Praia dos Ossos.

Orla Brigitte Bardot

Orla Brigitte Bardot e suas varias opções de entretenimento e bares

Orla Brigitte Bardot e suas varias opções de entretenimento e bares

Orla Brigitte Bardot e a estátua de Brigitte Bardot, a Brigitte de Búzios

Orla Bardot

Orla Bardot e as estátuas dos 3 Pescadores

Quando chegamos na esquina com a Travessa Cassiano Rodrigues, uma rua com cancela e que dá na praia, entramos nela. Dalí já saímos na Praia dos Ossos, a primeira praia do circuito do centro.

Travessa Cassiano Rodrigues – entrada da Praia dos Ossos

Praia dos Ossos

Serviço de táxi marítimo na Praia dos Ossos – Valores

Caminho Praia dos Ossos – Praia Azeda e Azedinha

Desta praia saem os táxis marítimos paras as praias da Azeda, Azedinha, João Fernandes e João Fernandinho. Mas não era nossa intenção seguir pelo mar, e sim caminhando.

Continuamos nosso roteiro e, seguindo o fluxo de pessoas e a pequena rua, em alguns minutos já estávamos próximos a entrada da Praia da Azeda e Azedinha.


A praia da Azeda, de águas calmas e transparentes, é acessível por uma rua de paralelepípedos e uma escadaria de madeira a partir da praia dos Ossos. Uma alternativa bacana é pegar um acqua-táxi na praia dos Ossos e fazer um rápido e belo passeio na ida ou na volta.

No canto direito, um caminho curto e fácil perto das pedras leva à praia da Azedinha – de tão pequenina, pode ser explorada em cerca de 40 passos.

Incluídas entre as praias mais bonitas do Brasil – contornadas por paredões rochosos e vegetação abundante -, Azeda e Azedinha tornaram-se Áreas de Proteção Ambiental e todos os quiosques e bares foram retirados da areia. Há apenas barcos improvisados que servem bebidas e alugam cadeiras e guarda-sóis.

No verão e nos feriados a dica é chegar cedo – à tarde o movimento é grande e fica difícil conseguir lugar na pequena faixa de areia. (Fonte)


Na bifurcação seguindo reto iríamos para a Azeda e dobrando a direita encontraríamos a rua que dá acesso à João Fernandes.

Seguimos reto, pois a segunda parada seria Azeda e Azedinha!

A entrada destas praias conta uma bela escadaria de madeira.

O acesso é tranquilo e a água das praias são tranquilas como de uma lagoa. A extensão da areia é curta e as prainhas são bem pequenininhas.

Vista para a Praia da Azeda e Azedinha

Escadaria de acesso para Praia da Azeda e Azedinha

Praia da Azeda

Praia da Azeda

Praia da Azedinha

Ficamos por ali alguns minutos, o tempo para um banho de mar e um pequeno descanso e seguimos em direção ao terceiro destino: a Praia de João Fernandes e João Fernandinho.

O caminho entres essas praias é feito por uma rua “atalho”. Tivemos que voltar um pouco até a bifurcação que mencionei e seguir para o próximo destino.

Rua “atalho” até a Praia João Fernandes e João Fernandinho

Vista da cidade de Búzios no percurso para Praia João Fernandes e João Fernandinho

Rua João Fernandes – Acesso para a Praia João Fernandes e João Fernandinho

Caminhamos por esse “atalho” e chegamos à Rua João Fernandes. Por lá você já encontra uma via bem movimentada e cheia de hotéis e restaurantes.

Caminhando mais uns 5 minutos chegamos às praias, nosso destino final deste circuito de praias do centro de Búzios.


Contornada por pousadas, hotéis e condomínios de luxo, a praia tem águas calmas perfeitas para passear de caiaque, além de costões para a prática do mergulho com snorkel. Não por acaso é parada obrigatória dos passeios de escuna.

A praia é uma das preferidas dos turistas estrangeiros – em especial dos argentinos -, que lá encontram boa infraestrutura de bares e restaurantes que servem petiscos e pratos à base de lagostas e camarões. Os quiosques ficam em um platô, mas costumam espalhar mesas e cadeiras na areia – o que está proibido.

Se preferir fugir do burburinho que costuma tomar conta do ambiente, caminhe para o canto direito, um pouco mais sossegado.  (Fonte)


Na Praia João Fernandes, também, aproveitamos para um pequeno descanso, um banho de mar e algumas belas fotos.

Vista das Praias João Fernandes e João Fernandinho

Praia João Fernandes

Parada para selfie – Praia João Fernandes

Neste dia de outono, aproveitamos uma cidade vazia e tranquila, opção que não é muito comum na alta temporada.

O sol estava ótimo e o dia limpo! Perfeito para muitas e ótimas fotos.

Nosso retorno foi pela Rua João Fernandes até, novamente, a Avenida José Bento Ribeiro Dantas. Por lá paramos para um almoço rápido e depois seguimos para a Rua das Pedras, para então fecharmos o circuito à pé pelo centrinho de Búzios.

Voltamos para Cabo Frio, novamente, de ônibus e fechamos o dia!

Confira nosso roteiro através deste mapa abaixo e do link do Google maps:

Mapa completo do caminho que percorremos no centro de Búzios

Mapa aproximado das praias que percorremos no centro de Búzios


Link Importantes:

Site do Transporte Público de Búzios

Site da Empresa de Ônibus da Região dos Lagos

Informações Turísticas de Búzios

Empresa de tour de barco em Búzios

Passeios de barco em Búzios

Agência de Turismo

Excursões em Búzios e Rio de Janeiro


Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você nos ajuda a cobrir os custos do blog SEM GASTAR NADA A MAIS POR ISSO, já que receberemos parte da comissão desses afiliados. Todos ganham! 

Reserve seu hotel pelo Booking ou Decolar

Alugue seu carro com a RentalcarsRentcars ou Decolar

Compre sua passagem aérea com o Voopter, Azul, Latam ou Decolar

Adquira seu seguro viagem com a Mondial Seguros ou Decolar

Adquira seu chip internacional com a Travel Mobile

Faça seu roteiro personalizado com nossa consultoria

Saiba mais em: Contato SOUL Viajero

CONFIRA OUTROS POSTS

ROTEIRO DE 1 DIA EM BOLONHA   Está aí uma cidade que me surpreendeu! A elegante Bolonha, ou como chamam os italianos: Bologna! Antes de começar a construir os r...
VIAREGGIO – UM BATE E VOLTA A PARTIR DE FLOR... Domingo na Itália também é dia de praia, ou como chamam os italianos, giorno di spiaggia! O dia começou cedo com um trem direto para Viareggio ...
OS 10 MELHORES PASSEIOS DA ILHA – MORRO DE S... O sol brilha para todos, mas em Morro ele brilha muito mais! Confira abaixo os 10 melhores passeios em Morro de São Paulo: Um pouco de h...
ROTEIRO DE 1 DIA EM ATENAS Quando decidimos fazer um roteiro na Grécia, escolhemos como foco central as ilhas gregas Santorini e Mykonos (somente estas duas, pois o tempo er...
CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

FORMULÁRIO DE CONTATO/CONTACT FORM

Fields marked with an * are required

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *