CABO FRIO – 14 MOTIVOS PARA VISITAR A CIDADE

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Cabo Frio é um dos sete municípios mais antigos do Brasil e cenário de várias atrações. E, esse pedaço de mundo, eu frequento há mais de 30 anos.

Se considerarmos, somente, a cidade teremos destaques importantes, como: o turismo histórico, de natureza, com suas praias, além do turismo de compras, pois esta cidade é polo da indústria de biquínis. Mas, analisando a região, conseguimos ampliar estes destaques, pois bem pertinho de Cabo Frio estão: Búzios e Arraial do Cabo, duas cidades múltiplas e cheias e belezas.

E quando o turista visita uma delas, necessariamente visita as demais, seja pela proximidade seja pelos atrativos. Dessa forma uma cidade está ligada à outra. Além disso Cabo Frio está estrategicamente entre estas duas cidades turísticas, possibilitando dessa forma o fácil acesso a elas.

Cabo Frio está localizada a 10 km de Arraial do Cabo e a 25 km de Búzios, bem posicionada para visitar as outras duas principais cidades de praia da Região dos Lagos.

Mas nesse post vamos falar EXCLUSIVAMENTE de Cabo Frio e suas atrações!

Esta é uma pequena cidade litorânea situada numa determinada região do Rio de Janeiro conhecida como: Região dos Lagos.

E Cabo Frio capricha no visual!

Além do mar cristalino e das dunas de areias branquinhas, a maioria das praias oferecem o conforto de quiosques para atender o público.

Na alta temporada, a cidade fica “entupida” de gente e a faixa de areia é disputada centímetro a centímetro.

Como já diz o nome Cabo Frio é um cabo onde o vento é companheiro constante.

Os melhores programas são feitos durante o dia, com a luz do sol: como surfar, mergulhar, passear de barco, ir à praia e aproveitar o clima mais que agradável da região.

Duas características são marcantes nesta cidade: ventos fortes e águas frias. Que no verão ajudam a segurar o forte calor, mas que no inverno afastam um pouco os turistas das praias.

As praias de Cabo Frio são distantes umas das outras e um carro será importante para se locomover pela cidade. Caso o turista não visite a cidade de carro, poderá contar como aplicativo Uber, disponível desde de dezembro de 2016 na cidade, ou usar o transporte público.

Uma notícia boa é que as praias são acessíveis, com exceção da Praia Brava, que exige um percurso em trilha para ser visitada. De resto, você chegará de carro à areia de todas elas.

Além de tudo que já mencionei existem 2 grandes eventos na cidade:

O Réveillon na Praia do Forte: a virada do ano em Cabo Frio é sempre muito badalada e lotada de gente. Com shows e um espetáculo pirotécnico bem estruturado na praia os turistas invadem a cidade. No mesmo estilo de Copacabana, calçadões, areia e quiosques ficam lotados de turistas.

O CaboFolia: este evento é um carnaval fora de época, que teve sua primeira edição em 1998. Ele leva milhares de pessoas e fãs de axé até a Praia do Forte no mês de janeiro.  Uma grande micareta a céu aberto para o povo se divertir e danças muito.

E motivos não faltam para conhecer esta linda cidade…e abaixo vamos enumerar dicas e locais para o viajante explorar.


DICAS IMPORTANTES

Quando ir?

Nos meses de alta temporada, dezembro até fevereiro, o clima é quente e a cidade e suas praias estão sempre lotadas. Não é uma época das mais agradáveis devido à “superlotação”.

Nessa época de verão, e em especial no Réveillon, janeiro e época de carnaval, as praias ficam cheias e há muito congestionamento em boa parte da cidade. Na busca por hospedagem, o recomendável é que se faça tudo com antecedência.

Nos períodos de feriados prolongados e férias escolares, também, costuma ficar bem cheia a região.

Se quiser evitar praias lotadas e preços inflacionados, fuja desses períodos mencionados.

Durante todo o ano as temperaturas são agradáveis e quentes. O que se deve levar em consideração é a quantidade de turistas. Se você não se importa com praias cheias, visite no alto verão, mas, caso você curta algo mais “privativo” opte pelas “baixas” temporadas (março a maio ou agosto a novembro).

Depois desse período, de março a maio, o clima ainda está quente, as águas ainda agradáveis (apesar de serem sempre frias durante todo o ano) e as praias e principais atrações muito mais vazias, o que possibilidade um período de tranquilidade para visitar a região.

No período do inverno ainda se encontra um clima agradável, porém com muito vento e águas bem geladas (característica da região, porém no verão é possível driblar esse aspecto).

Como chegar?

De carro: o trajeto até a Região dos Lagos começa após a travessia da Ponte Rio Niterói, com acesso à BR 101 e depois à Via Lagos (RJ-124), esta é privatizada e existe cobrança de pedágio (confira valores em: tarifas. Vale lembrar que nos finais de semana o trânsito para a região é muito pesado e grandes congestionamentos são comuns. O trânsito é mais tranquilo nos dias de semana e fora dos períodos de férias ou feriados prolongados. É comum, em alta temporada, que o trajeto de 2 horas se transforme em uma viagem de 7 horas.

De ônibus: a empresa que opera esse trajeto é a 1001, consulte valores e veja informações no link.

De avião: o pequeno Aeroporto de Cabo Frio (CFB) é uma alternativa ainda pouco viável para quem deseja chegar de avião à Região dos Lagos. Os voos comerciais são bastante limitados e ainda com alto custo, não sendo uma boa opção para a maioria dos turistas que procura a região. A única companhia aérea a operar para Cabo Frio é a Azul Linhas Aéreas.


Criamos, então, uma lista de atrações na cidade de Cabo Frio, confira:

#1 PRAIA DO FORTE

Praia do Forte

Praia do Forte

Esta é a principal praia da cidade, possui quase 8 km de extensão. Cartão postal de Cabo Frio, esta praia possui areia finas e branquíssimas, além de águas claras e geladas.

Uma vez nessa praia, no perímetro existem outros pontos importante a serem visitados, entre eles: o Forte de São Mateus, a praia do Foguete, a Praia das Dunas, a Praça das Águas, o deck no Bulevar da Praia do Forte e uma animada Ferinha de Artesanato e produtos típicos, que fica bem próxima da Praça das Águas. Mas sobre esses pontos falamos mais para frente.

#2 PRAIA DO PERÓ

Praia do Peró

Praia do Peró

A Praia do Peró é um pouco mais afastada do centro de Cabo Frio e possui 7 km de águas limpas e temperatura amena. A parte urbanizada deste bairro de mesmo nome é tomada por casas de veraneio e barracas, enquanto o canto esquerdo nos apresenta dunas de areias brancas e finas.

Bem pertinho dali e colada na Praia do Peró, encontra-se a Praia das Conchas, e dela falaremos em outro tópico. Essas duas praias se separam somente por uma faixa de areia. Saindo do Peró, em uma caminhada de apenas 10 minutinhos, o turista já está na Praia das Conchas.

#3 PRAIA DAS CONCHAS

Vista da Praia das Conchas e ao fundo Praia do Peró

Praia das Conchas

Esta pequena praia em formato de concha possui uma faixa de areia curta e águas calmas.

Frequentada por famílias, por lá o viajante encontra quiosques e estrutura de mesas e cadeiras na areia.

Está estrategicamente localizada entre o Morro do Vigia e a Ponta do Arpoador.

Possui este nome devido à seu formato de concha e por possuir no passado muitas conchinhas na areia.

Para acessar a praia de carro é preciso pagar uma taxa de estacionamento de 10 reais.

#4 PRAIA BRAVA

Praia Brava (fonte de imagem: Férias Brasil)

Esta praia é frequentada por nudistas e surfistas. Está localizada entre a Ponta do Peró e o Morro do Farolete (Ogiva).

#5 PRAIA DAS DUNAS

Praia das Dunas (fonte de imagem: Férias Brasil)

Esta praia possui ondas fortes e é muito procurada para prática de surfe, windsurf, kitesurf e vela. Para acessa-la é preciso ir pela Praia do Forte. Suas dunas grandes são características marcantes. Possuem quiosques somente nos trechos que não fazem parte da área de preservação ambiental.

#6 PRAIA DO FOGUETE

Praia do Foguete (fonte de imagem: Féria Brasil)

A Praia do Foguete tem águas frias e muita correnteza. Possui 7,5 km e é pouco frequentada. Fica a 4 km do centro de Cabo Frio.

#7 RUA DOS BIQUINIS

Rua dos Biquinis (fonte de imagem: Féria Brasil)

Rua dos Biquinis (fonte de imagem: Féria Brasil)

Polo de biquínis, Cabo Frio, possui uma rua todinha dedicada à venda destes itens e de similares (cangas, sungas, chapéus, etc.).

Localizada entre o Peró e o Centro, lá do outro lado do Canal do Itajuru, a Rua dos Biquínis concentra centenas de lojas de moda praia e no alto verão fica completamente lotada.

Os preços, realmente, compensam e a qualidade dos produtos é ótima. O ideal é reservar uma tarde para este passeio, principalmente se for a primeira visita. Além disso tenha paciência e pechinche. Por lá a consumidora (o) pode comprar no atacado ou varejo.

Reformada há poucos anos, a rua tornou-se um calçadão coberto e as lojas não fecham antes das 20h.

A Rua dos Biquínis, em Cabo Frio, é conhecida internacionalmente como a maior rede de moda praia da América Latina, com cerca de 150 lojas.

Mais informações acesse o link.

Horário de Funcionamento:

As lojas da Rua dos Biquínis ficam abertas o ano inteiro. Sábados, domingos e feriados. Todos os dias, sem exceção. O horário de funcionamento da Rua dos Biquínis se divide em Alta e Baixa temporada:

Alta Temporada (dezembro a março): 08h – 00h.

Baixa Temporada (abril a novembro): 09h – 21h.

O termo “horário da Rua dos Biquínis” quer dizer que haverá lojas abertas neste horário. Não podemos garantir que todas as lojas estarão abertas. Atualmente cada loja possui seu horário próprio, que em geral é similar ao horário da Rua. Você encontrará o horário das lojas anunciantes em nosso site.

Como chegar:

Quem visita Cabo Frio não pode deixar de conhecer. A Rua dos Biquínis situa-se a menos de 800 metros das margens do Canal do Itajuru e a 200 metros da Ponte Feliciano Sodré.

Partindo do centro de Cabo Frio, para chegar à Rua dos Biquínis, que fica do outro lado do Canal do Itajuru, é preciso atravessar a Ponte Feliciano Sodré e virar à direita. Do centro da cidade é possível ir a pé, ou fazer a travessia gratuita do Canal em uma balsa. O trajeto até a Rua também pode ser feito de carro ou ônibus.

Como chegar: acesse o link.

#8 CANAL DO ITAJURU

Canal do Itajuru

Canal do Itajuru

Os passeios principais de escuna e barcos partes deste canal em Cabo Frio. É nesse canal que está localizado o Bulevar Canal, uma área de bares e entretenimento, mas sobre ele falaremos depois em outro tópico.

#9 MIRANTE DA CAPELA DE NOSSA SENHORA DA GUIA

Mirante da Capela de Nossa Senhora da Guia (fonte de imagem: Féria Brasil)

Bem pertinho do canal e da Ponte que leva à Rua dos Biquínis, encontra-se este mirante. Com uma escadaria íngreme parte do Largo Santo Antônio leva ao mirante, de onde o turista pode ver a cidade.

#10 PRAÇA DAS ÁGUAS

Praça das Águas

Praça das Águas

Uma bela praça, bem no canto direito da Praia do Forte. Este local foi construído na época da revitalização da orla desta mesma praia.

Ocupa uma área de, aproximadamente, 1500 metros e por lá o turista encontra um lago com chafariz, iluminação especial e muitos outros detalhes para harmonizar o local. A praça é muito bem iluminada, e nos verões fica lotada e muitos param para fotos.

#11 ILHA DO JAPONÊS

Ilha do Japonês

Ilha do Japonês

A Ilha do Japonês até pouco tempo não era muito conhecida e acessada pelos turistas. Hoje existe um fluxo bem maior de pessoas que visitam esse local. Por lá o que se encontra é: água transparente, quiosques com boa comida e cerveja gelada. A ilha está localizada dentro de uma enseada e pode ser acessada por barcos.

Você pode optar por ficar na ilha ou nos quiosques no continente. De lá, também, é possível fazer a trilha para a Praia Brava (praia de nudismo).

Para chegar à Ilha do Japonês você pode ir de carro, indo em direção ao Peró e localizando-se por placas, pode também ir de ônibus ou com aquatáxi (o barco sai do canal Itajuru).

Para acessar a Ilha do Japonês de carro é preciso pagar uma taxa de estacionamento de 10 reais.

Sugestão de hostel no local: Hostel Container*

*Não me hospedei, mas conheci o local e todo o contexto e ideia é muito inovador. Um hostel todo feito de conterinares e, melhor, sustentável.

#12 BOULEVARD CANAL

Boulevard Canal (fonte de imagem: facebook.com/boulevardcanal/)

Neste boulevard revitalizado há poucos anos, o viajante encontra muitas opções de restaurantes e lanchonetes.

Este, também, é um local de reunião para ver o pôr do sol e socializar com a família e amigos.

Depois da Praia do Forte, este é outro local de agito na cidade.

#13 FORTE DE SÃO MATEUS

Forte de São Mateus

Forte de São Mateus

Construído no século XVII, este forte está localizado na Praia do Forte, e nele o turista consegue ter uma vista incrível da orla desta praia.

Este forte foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1956, época em que passou por uma séria restauração. A fortaleza foi construída no século 17, entre 1616 e 1620, por portugueses e índios tamoios para defender a terra das invasões dos franceses, ingleses e holandeses.

Da época dos conflitos no litoral brasileiro, ainda restam no Forte São Mateus os canhões utilizados nas batalhas.

#14 CONVENTO NOSSA SENHORA DOS ANJOS

Convento de Nossa Senhora dos Anjos (fonte de imagem: mapadecultura.rj.gov.br)

Naquele mesmo perímetro do canal e do Mirante da Capela de Nossa Senhora da Guia está o Convento de Nossa Senhora dos Anjos.

Esta construção é datada do século XVII, e hoje funciona o Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio Confira um vídeo do local!

As visitas também podem ser feitas com a companhia de um guia turístico. Dessa forma é possível saber a fundo toda a história, lendas e causos populares que cercam o Convento de Nossa Senhora dos Anjos.


Links Importantes:

Prefeitura de Cabo Frio

Informações Turísticas sobre Cabo Frio

Informações Turísticas sobre da Região dos Lagos

Forte São Mateus (Wikipedia)

Mapa de Cultura – Forte São Mateus

Informações Turísticas – Melhores Destinos

Site do Transporte de Cabo Frio e região: Salineira (empresa de ônibus)

Site – Rua dos Biquinis

Site de Turismo e Informações – Cabo Frio

Facebook do Boulevard Canal


Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você nos ajuda a cobrir os custos do blog SEM GASTAR NADA A MAIS POR ISSO, já que receberemos parte da comissão desses afiliados. Todos ganham! 

Reserve seu hotel pelo Booking ou Decolar

Alugue seu carro com a RentalcarsRentcars ou Decolar

Compre sua passagem aérea com o Voopter, Azul, Latam ou Decolar

Adquira seu seguro viagem com a Mondial Seguros ou Decolar

Adquira seu chip internacional com a Travel Mobile

Faça seu roteiro personalizado com nossa consultoria

Saiba mais em: Contato SOUL Viajero

CONFIRA OUTROS POSTS

ROTEIRO DE BATE-VOLTA AO LAGO DE COMO Depois de uma longa e linda temporada de dois meses em Firenze (Florença) parti para a capital italiana da moda, Milão. Mas além de conhecer a cid...
ROTEIRO DE 2 DIAS EM STAVANGER E PULPIT ROCK A Região de Stavanger destaca-se pelas muitas atrações cênicas, entre elas o Lysefjord, a praia de Sola e o mundialmente famoso Preikestolen ("a R...
ROTEIRO A PÉ NA REGIÃO CENTRAL DE BERLIM   Mapa Central de Berlim (fonte: www.theresagrieben.com) HORA DE DESBRAVAR BERLIM! E como uma boa exploradora de cidades meu roteiro fo...
ROTEIRO COMPLETO DE GALÁPAGOS – AS ILHAS ENC...   Algumas informações importantes sobre Galápagos: A estação quente e chuvosa é de janeiro a junho; A estação fria e seca é de jul...
CompartilheShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

FORMULÁRIO DE CONTATO/CONTACT FORM

Fields marked with an * are required

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *